Como fomentar a violência

Uma faceta violenta da direita espanhola está se sentindo cada vez mais à vontade para propagar mensagens de ódio e intolerância pela internet. Chegando ao ponto de desejar a morte de uma deputada do partido Izquierda Unida. Isto é, como normalmente fazem os fascistas, os ataques são feitos de maneira anônima, através de perfis de Twitter e Facebook e também de blogs.

Até o momento reina o silêncio sobre o caso, com poucas exceções.

O problema é que sabemos até onde podem chegar essas coisas. No Brasil, a existência desse tipo de blogs, como do Silvio Koerich, esteve diretamente ligada aos terríveis acontecimentos num colégio de Realengo, no Rio de Janeiro, cerca de um ano atrás.

Como também acontece com frequência nesses casos,os fascistas escondem sua propaganda de ódio e intolerância atrás de uma suposta “liberdade de expressão”.

Abaixo o último texto publicado por um fulano escondido atrás do perfil @EnEstadodeGuerra.

Anúncios

Sobre ziulfabiano

Filho de pai Argentino e mae Brasileira, vivendo em Madrid e acompanhando o que se passa por aqui e por ali.
Esse post foi publicado em Intolerância e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s